Poesias de cum força

Radio Poesia 24 horas

domingo, 23 de abril de 2017

O Cordel do Doutorado Encantado



O Cordel do Doutorado Encantado

Autora: Anne Karolynne Santos de Negreiros





Depois de muitos esforços
Pra tese de doutorado
Eu chego ao derradeiro
Pra deixar o meu legado
E a muitas pessoas quero
Dizer o meu obrigado.

Inicio por meus pais
Amores de minha vida
xxxxxxx e xxxxxxxxxxx
Que durante a minha lida
Sempre me incentivaram
Com apoio sem medida.

Meu pai, o meu grande exemplo
De luta e integridade
Mais de mil livros já leu
Sem ir na universidade
Foi um grande professor
Notável em sua cidade.

Minha mãe, minha inspiração
Costureira disputada
Em habilidades manuais
Sempre muito bem dotada
No munguzá ela é fera
Eita mãe desenrolada!

01

Se hoje sou o que sou
Se hoje eu tenho valores
Eu devo tudo a meus pais
Meus maiores professores
Esse título não é só meu
Nós somos, os três, doutores!

Agradeço a meu marido
Por ser sempre tão partícipe
XXXXXX, nome oficial
Mas com a lindezura e denguice
Por nós ele é chamado
Com muito carinho de Príncipe.


O meu Príncipe sofreu
Com esse meu doutorado
Mas todo o meu cansaço
Por ele foi respeitado
Não preciso nem dizer
O quanto Príncipe é amado!

Das filhas de quatro patas
Eu não posso esquecer
Minha esquentadora de pés
A XXXX, meu bem-querer
E agora a XXXXX
Veio conosco viver.

02
Ao orientador de doutorado
Que eu jamais esquecerei
Com o encanto que conquistou
E com quem perseverei
A ele, minha gratidão
Ao competente XXXXXXX..

Ao orientador de mestrado
O meu grande mestre,XXXX
XXXXXX, que admiro
Sua competência, sua fala
Um homem de inteligência
E humildade em larga escala.

XXXXXX não esqueço
Da sua orientação
Também XXXXXXX
Ainda na graduação
Professoras que ficaram
Na mente e no coração.

Pra XXXXXXXXXXXX
Eu tiro o meu chapéu
XXXXXXX eu também
Agradeço no cordel
Também não posso esquecer
O grande XXXXXXXXXXXXX.

03

por se tratar de um cordel encomendado, 
para um determinado evento, 
retiramos os nomes proprios e 
publicamos o cordel , como fonte 
de registro sobre a autora. publicamos apenas as 3 primeiras páginas do cordel
CORDEL DE OITO PÁGINAS, 
EM SEXTILHAS.


Nenhum comentário:

Postar um comentário